Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Vendas de telemóveis deverão crescer 3% em 2020 com contributo da nova rede 5G

O estudo aponta que as vendas de telemóveis com rede 5G poderão fixar-se nas 221 milhões de unidades em 2020 e crescerão mais do dobro em 2021, para 489 milhões de unidades. As maiores taxas de crescimento deverão registar-se no Médio Oriente, no Norte da África, no Pacífico e na Grande China.

China /
04 Fev 2020 / 07:07 H.

Um estudo da consultora norte-americana Gartner aponta que as vendas da indústria das comunicações móveis deverá sentir um crescimento de 3% na venda de telemóveis em 2020, em todo o mundo.

Na origem desse crescimento estará a implementação da quinta geração móvel (5G) na generalidade dos Estados-membros da União Europeia, aliada à venda de telemóveis com preços inferiores a 300 euros.

O estudo de mercado realizado estima que dever-se-á registar vendas na ordem dos 1.570 milhões de unidades em 2020. De acordo com “El Economista”, que cita o estudo, depois da quebra de 2% nas vendas de telemóveis em todo o mundo, em 2019, este ano o mercado global deverá recuperar.

Essa recuperação será impulsionada pela introdução do 5G. Como? A vice-presidente da Gartner, Annette Zimmermann, citada pelo jornal espanhol, explicou que muitos consumidores de comunicações móveis poderão ter “adiado a compra de novos aparelhos” na expectativa de que o 5G possa provocar uma redução nos preços de telemóveis que não suportem a nova rede móvel e, aí, “recomeçar a comprar”.

O mesmo estudo aponta que as vendas de telemóveis com rede 5G poderão fixar-se nas 221 milhões de unidades em 2020 e crescer mais do dobro em 2021, para 489 milhões de unidades.

As maiores taxas de crescimento deverão registar-se no Médio Oriente, no Norte da África, na região Ásia / Pacífico e na Grande China (China, Taiwan e Hong Kong).