Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

TotalEnergies lança central solar na província da Huíla

A construção da central deverá arrancar em 2023, a sua entrada em funcionamento está prevista para 2024 e a concessão da unidade tem a duração de 25 anos.

Luanda /
23 Set 2022 / 11:49 H.

A francesa TotalEnergies assinou com a Sonagás e a Greentech um contrato para a instalação e operação de uma central solar fotovoltaica com capacidade instalada de 35 megawatts (MW), na cidade do Lubango, província da Huíla.

A central Quilemba deverá ter numa segunda fase mais 45 MW adicionais.

A construção da central deverá arrancar em 2023, a sua entrada em funcionamento está prevista para 2024 e a concessão da unidade tem a duração de 25 anos.

O projecto Quilemba será realizado no modelo de “produtor independente de energia”, onde a totalidade do investimento, não revelado no comunicado da empresa, é assegurada pelos promotores do projecto (TotalEnergies Angola 51%, Sonagás, subsidiária da Sonangol, 30% e Greentech 19%).

Quando entrar em funcionamento, o parque solar irá fornecer energia à rede, permitindo uma poupança de combustível estimada em mais de 20 milhões de dólares norte-americanos por ano, em comparação com as centrais térmicas existentes.

A TotalEnergies emprega 1.500 colaboradores em Angola e representa mais de 45% da produção petrolífera do país.

A Greentech é uma empresa angolana fundada em 2012 que atua desde 2016 na análise e desenvolvimento de projectos de energia renovável, estando presentemente a desenvolver um projecto de 50.000 sistemas solares domésticos que irá abranger todas as províncias de Angola.