Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Shopping Fortaleza investiu 60 milhões USD em infra-estruturas

“Consideramos o shopping Fortaleza com padrões internacionais pela estrutura, design, pelo fit-out das lojas e oferta diversificada das suas marcas”.

Luanda /
27 Jun 2022 / 12:38 H.

O centro comercial Shopping Fortaleza investiu 60 milhões USD em infra-estruturas, disse ao Mercado o Director de marketing e vendas, Mário Nascimento.

O investimento resultou de fundo financeiro local e de crédito bancário, cujo início das actividades foi com 20 lojas. Uma capacidade considerada reduzida tendo em conta o número previsto de lojas, um total de 77.

“O projecto nasceu num contexto desafiador, em plena pandemia da COVID-19 e abrimos o Shopping Fortaleza numa altura em que o lema era fique em casa”, disse Mário Nascimento.

Actualmente, o centro conta com 52 lojas (contrariamente às 20 iniciais) com uma visita diária de 3 mil utentes.

O shopping tem cinco pisos e oferta variada ao nível de produtos e serviços como retalho de moda, restauração, agências bancárias, supermercado e todos funcionam como âncoras para a afluência.

O “factor motivador de atracção de público”, na época de COVID-19, segundo Mário Nascimento, foi agregar marcas internacionais com ofertas diferenciadoras em termos de custos, para além da capacidade do mercado poder absorver particularmente os empresários.

“A estratégia usada para ultrapassar essa fase difícil resultou, mas foi necessário mostrar ao mercado, aos nossos parceiros e aos lojistas que o centro comercial Shopping Fortaleza era um sítio para se investir, para que pudéssemos colher os frutos a médio prazo,” disse.

Foi ainda necessário reposicionar os preços, ter modelos alternativos para que os lojistas pudessem ingressar ao Shopping Fortaleza. Hoje, de acordo com Mário Nascimento, estão ultrapassadas as dificuldades dos lojistas que acabam por ser os “heróis do centro comercial”.

“Hoje os grandes lojistas bem como as grandes marcas, começam a olhar para o shopping Fortaleza como um centro comercial de grande atractividade para se fazer investimento”, diz satisfeito, numa alusão de que “o nosso sucesso é sempre consequência dos lojistas, não podemos dizer que temos sucessos se os lojistas não tiverem também sucesso”.

Fruto do plano de expansão, o Shopping inaugurou recentemente mais um centro de entretenimento que já se encontra em pleno funcionamento.

Plano de Expansão

Para o final deste ano está prevista a abertura de salas de cinema, um projecto que contempla três salas, com uma média de 200 pessoas por cada sala. “O investimento deste projecto também esteve condicionado à ocupação de lojas e pode ter que exigir do Shopping uma necessidade adicional de investimento, mas teremos até ao final do ano salas de cinema no centro da cidade de Luanda”, afirmou Mário Nascimento.

Ainda no âmbito da expansão, o foco são as marcas internacionais, particularmente “o retalho de moda”.

“Consideramos o shopping Fortaleza com padrões internacionais pela estrutura, design, pelo fit-out das lojas e oferta diversificada das suas marcas. Hoje em dia o feedback que temos dos utentes é de que quem entra no Fortaleza não deixa nada a desejar relativamente aos centros comerciais”, enfatizou.

Esta visão, na óptica de Mário Nascimento, foi alinhada pelos accionistas desde a concepção do projecto, que “foi sempre com a visão em padrões internacionais”.

“O objectivo é que seja um shopping dos angolanos e para todos os angolanos”.

Inaugurado em Dezembro de 2020, o shopping Fortaleza é um dos últimos centros comerciais que abriu no País, com um diferencial na oferta de serviços.