Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Receita de carga da TAAG cresce acima das expectativas com apoio chinês

“Este desempenho positivo resulta do trabalho de equipa”, mas também “de contractos celebrados pela TAAG para voos charter

Luanda /
14 Set 2022 / 09:31 H.

A companhia aérea TAAG anunciou ontem que nos primeiros oito meses deste ano obteve 67 milhões USD de receitas no segmento de carga, resultado acima das expectativas para 2022, graças também à China.

“Entre Janeiro e Agosto de 2022 a receita total do segmento de carga da TAAG foi cerca de 67 milhões USD norte-americanos, um resultado excepcional que ultrapassa o objectivo de 55,5 milhões USD estipulado para este ano, um desempenho 20% acima face ao orçamentado quando ainda faltam quatro meses para o fecho do ano”, lê-se numa nota.

Os proveitos arrecadados pelo segmento de carga da TAAG têm evoluído favoravelmente nos últimos anos, como demonstram os últimos relatórios e contas (33 milhões USD em 2021, um crescimento de 14% face a 2020, ano em que a empresa obteve 29 milhões USD, recorda o comunicado,avança a Lusa.

De acordo com a nota se deve a cargas entre a China e a América Latina, nomeadamente Brasil, via Angola.

“Este desempenho positivo resulta do trabalho de equipa”, mas também “de contratos celebrados pela TAAG para voos charter (exclusivamente de carga) entre a China e a América Latina (Brasil) via Angola”, afirma a empresa.

“Actualmente, a TAAG tem diversas ligações activas de Luanda para cidades chinesas (Changsha, Hong Kong, Guangzhou, Shangai Hongqiao ou Beijing) para carregamento das aeronaves. Tipicamente, a carga transportada corresponde a matérias-primas, produtos agrícolas, material de electrónica e bens diversos”, acrescenta.

Temas