Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Planagrão vai produzir seis milhões de toneladas de cereais por ano

O plano estratégico do executivo, “Planagrão” começa a ser executado no primeiro trimestre do próximo ano.

Luanda /
14 Dez 2022 / 09:18 H.

O plano de desenvolvimento do trigo, arroz, soja e do milho - “Planagrão”, prevê produzir, a partir de 2027, seis milhões de toneladas destes cereais por ano, afirmou recentemente o secretário de Estado para a Economia, Ivan dos Santos.

Numa altura em que o País produz cerca 3.14 milhões de toneladas de grãos por ano, o plano estratégico do Executivo, Planagrão, que começa a ser executado no primeiro trimestre do próximo ano, no leste do País, visa a colheita anual de mais de seis milhões de toneladas de grãos.

Esta actividade, inicialmente vai ser desenvolvida nas quatro províncias do leste do País, nomeadamente, Moxico, Lunda Norte, Lunda Sul e Cuando Cubango, numa aérea de dois milhões de hectares, num custo global estimado em 1.6 mil milhões de kz.

Para o efeito, o Executivo angolano, por via do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) e do Fundo Activo de Capital de Risco Angolano (Facra), vai financiar os produtores privados, nacionais e estrangeiros, no próximo quinquénio 2023/2027.

Neste sentido, o secretário de Estado adiantou que a partir do primeiro trimestre do 2023, os agricultores de grãos, interessados, poderão submeter os seus projectos ao BDA e ao Facra, por intermédio do gabinete técnico do Planagrão.