Novos donos dos imóveis da Fidelidade têm morada nas Ilhas Caimão

O grupo Apollo controla as donas dos 271 imóveis comprados à seguradora Fidelidade, por 425 milhões de euros, através da Ugland House (escritórios da consultora jurídica e financeira Maples and Calder, sede de 18 mil sociedades), nas Ilhas Caimão.

12 Fev 2019 / 11:08 H.

A notícia, avançada pelo “Público” na edição desta terça-feira, 12 de fevereiro, revela que o gestor de fundos de investimento norte-americano construiu uma estrutura accionista em cascata que passa sobretudo por dois locais: este território a sul de Cuba e o Luxemburgo.

Segundo o diário generalista, as proprietárias dos imóveis em causa (as empresas nacionais Meritpanorama, Fragrantstrategy, Notablefrequency e Neptunecategory) são detidas pela AEPF III, sociedade de responsabilidade limitada luxemburguesa, na qual, por sua vez, a AEPF III (outra empresa da Apollo) tem uma participação de 100%.

Ao que o jornal apurou, o grupo tem também subsidiárias no estado norte-americano do Delaware, Ilhas Marshall, Maurícias, Guernesey ou Hong Kong.