Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Navient chega a acordo de 1,85 mil milhões USD sobre empréstimos

A empresa de serviços de empréstimos estudantis Navient resolveu as alegações de práticas fraudulentas de empréstimos por 1,85 mil milhões USD (cerca de 1,61 mil milhões de euros), anunciou o procurador-geral do estado norte-americano da Pensilvânia, segundo noticiou a Lusa.

14 Jan 2022 / 09:15 H.

O acordo incluiu 1,7 mil milhões USD (cerca de 1,5 mil milhões euros) em cancelamento de dívidas e 95 milhões USD (cerca de 83 milhões de euros) em restituição e envolve 39 procuradores-gerais estaduais.

“A Navient repetidamente e deliberadamente colocou os lucros à frente dos seus mutuários, envolveu-se em práticas enganosas e abusivas, capturou estudantes que sabiam que teriam dificuldades para pagar empréstimos e colocou um fardo injusto nas pessoas que tentavam melhorar as suas vidas”, disse o magistrado Josh Shapiro.

O procurador-geral disse ainda que o acordo resolve as alegações de que a Navient levou os mutuários estudantis a tolerâncias de empréstimos de longo prazo em vez de aconselhá-los sobre planos de pagamento menos dispendiosos.

A Navient disse que não agiu ilegalmente e não admitiu nenhuma falha no acordo, informou o jornal norte-americano “The New York Times”.

“A decisão da empresa de resolver esses assuntos, que foram baseados em reivindicações infundadas, permite-nos evitar o ónus adicional, despesas, tempo e distracção para prevalecer no tribunal”, disse Mark Heleen, director jurídico da Navient, segundo “The New York Times”.