Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Mais incentivos e menos barreiras ao incremento da produção interna

“É importante trabalhar para se alcançar a autossuficiência a nível dos produtos básicos de maior consumo. (...) “Devemos concentrar todo o nosso saber e experiência no aceleramento do ritmo de execução do PRODESI” defende João Lourenço.

01 Jun 2020 / 13:55 H.

O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, orientou as instituições competentes à remoção das “eventuais barreiras” aos investidores privados engajados no incremento da produção interna.

A orientação é parte da mensagem do Titular do Poder Executivo proferida no discurso de abertura do encontro alargado com representantes da sociedade civil sobre o impacto da Covid-19 na economia e na vida das famílias.

João Lourenço acrescenta que os incentivos devem ser dados aos homens e mulheres de negócios que apostem na produção local. E que tenham prioridade no acesso ao crédito e às divisas, para a importação da maquinaria e matérias-primas de que necessitem.

“É importante trabalhar para se alcançar a auto-suficiência na produção dos produtos básicos de maior consumo” adverte. “Devemos concentrar todo o nosso saber e experiência no aceleramento do ritmo de execução do programa de apoio à produção nacional, substituição de importações e promoção das exportações, vulgo PRODESI”.

Realçou que apenas a agricultura, as pescas, a indústria transformadora, o turismo e outras, garantem efectivamente a segurança alimentar, o emprego sustentável e a oferta de bens essenciais às populações.

Encorajou “vivamente” todas as medidas em curso, no sentido de fazer com que o comércio sirva mais à indústria tanto na importação das matérias-primas, como, também, no fomento da exportação dos produtos agrícolas e industriais “made in Angola”.