Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

IGAPE anuncia privatização da ENSA em bolsa

Numa primeira fase o processo contemplava a alienação de 51% do capital social, por via de um Concurso Limitado por Prévia Qualificação, dirigido a investidores nacionais e estrangeiros.

Angola /
24 Jun 2022 / 10:17 H.

O Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE) decidiu dar por findo o procedimento de privatização da ENSA Seguros, por não ter recebido propostas que reflectissem o valor real da seguradora, bem como o seu potencial, indicou o Instituto em comunicado a que o Mercado teve acesso.

O procedimento de privatização da companhia, aberto a 10 de Junho de 2021, contemplava a alienação de 51% do capital social, por via de um Concurso Limitado por Prévia Qualificação, dirigido a investidores nacionais e estrangeiros.

O processo, avança o IGAPE, atraiu o interesse de vários investidores de referência, quer angolanos, quer estrangeiros, porém o contexto económico e financeiro conturbado pelo impacto da pandemia da COVID-19 impediu o alcance dos objectivos pretendidos.

Novo processo de privatização

“Após a conclusão das várias fases previstas no procedimento, e com base nos critérios de adjudicação previstos, no cumprimento da sua missão de execução do Programa de Privatizações (PROPRIV), o IGAPE pretende promover um novo processo de privatização da Seguradora no sentido de maximizar”, lê-se.

Assim sendo, o procedimento em perspectiva consistirá na alienação de um bloco de acções, preferencialmente por via de um procedimento em bolsa de valores, cujo processo permita abarcar parceiros da indústria, capazes de agregar valor e know-how à ENSA e pequenos subscritores, em particular os colaboradores.

O comunicado salienta ainda que as alterações do contexto macroeconómico de Angola, para um novo ciclo de crescimento, animam as perspectivas futuras para a maior seguradora do País, associadas à abertura do mercado de acções na BODIVA.

“Existe a convicção de que estes factores contribuirão sobremaneira para a valorização da ENSA e a maximização dos resultados económicos e financeiros da privatização”, diz o IGAPE.

Segundo a nota, o processo de privatização que agora se encerra permitiu, ao longo de vários meses, com o envolvimento do IGAPE, da ENSA e dos seus assessores, realizar um extenso conjunto de tarefas que hoje demonstram a oportunidade única de investir numa empresa líder de mercado, num sector de actividade com francas perspectivas de desenvolvimento e particularmente relevantes para a economia angolana.

O IGAPE destaca ainda que os mesmos pressupostos, agora acrescidos de uma melhor performance da seguradora, encabeçarão o processo de privatização seguinte.