Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Grupo Yewhing expande negócio em Cabinda

A abertura da Loja naquela província enquadra-se no plano de expansão do grupo que prevê marcar presença em todo território nacional nos próximos anos, a fim de poder estar mais próximo dos consumidores dos produtos distribuídos pela organização.

Luanda /
02 Ago 2022 / 10:33 H.

O grupo empresarial Yewhing Angola, ligado à actividade de comércio e indústria, vai abrir uma loja “Mundo Da Casa” (MDC) na província de Cabinda, em Dezembro deste ano, disse ao Mercado a Presidente do Conselho de Administração (PCA), Sun Jin.

A abertura da Loja naquela província enquadra-se no plano de expansão do grupo que projecta estar em todo território nacional nos próximos anos, a fim de estar mais próximo dos consumidores.

O grupo tal como disse Sun Jin, está em seis províncias (Luanda, Huambo, Benguela, Lunda Sul, Bengo e Huíla).

Assegurou que nos últimos anos o grupo Yewhing Angola fez mais investimentos em Benguela, mas em contrapartida Luanda (onde está a sede) tem contribuído mais para os rendimentos do grupo.

“Em Luanda, oferecemos variedades de serviços, incluindo restauração que ajuda a contribuir com melhores resultados”, disse .

O grupo, afirmou, importa os produtos da China, Portugal e Espanha, mas também realçou que uma parte da mobília (sofás, armários de cozinha, guarda-fatos e outros) que comercializa é fabricada localmente.

A empresa, lamentou, tem encontrado dificuldades devido à instabilidade cambial do Kwanza e a pandemia da COVID-19, que afectaram de forma directa a actividade económica do grupo sobretudo nos últimos dois anos.

Embora tenham enfrentado tais dificuldades, o grupo conseguiu se reinventar e continuar a crescer contribuindo para o desenvolvimento da economia e no combate ao desemprego.

“Investimos recentemente mais de 1,5 milhões Kz na abertura do primeiro MDC shopping center, em Luanda”, disse.

O grupo Yewhing, actualmente tem mais de dois mil trabalhadores angolanos e 120 expatriados (Chineses e portugueses).

De acordo com a responsável, ainda no âmbito de expansão, o grupo Yewhing e a empresa indiana IS vão cooperar para a construção de um shopping MDC, na República Democrática do Congo.

Segundo Sun Jin, a construção do shopping (prevista para o próximo ano), enquadra-se no plano de expansão do grupo Yewhing em África, tendo já delegado uma equipa de pesquisa que está a estudar o mercado congolês democrata.

O centro comercial, assegurou, terá a mesma dimensão que o shopping do País, situado em Viana, com uma área bruta locável de aproximadamente 20 mil metros quadrados e 300 lugares de estacionamento.

Sem avançar o valor de investimento, Sun Jin explicou estar ainda num processo de discussão para que se chegue a um acordo com a firma indiana a respeito do montante que cada uma irá disponibilizar para o arranque das obras, uma vez que já têm o terreno.