Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Gigantes da aeronáutica e defesa norte-americanas anunciam fusão

Os gigantes das indústrias aeronáutica e de defesa norte-americanas Raytheon e United Technologies anunciaram domingo um acordo de fusão que visa criar um dos maiores grupos mundiais nestes setores.

EUA /
10 Jun 2019 / 12:36 H.

A fusão por troca de acções deverá estar concluída no primeiro semestre de 2020, indicaram os dois grupos num comunicado comum, adiantando que a nova entidade se chamará Raytheon Technologies Corporation.

O novo conglomerado terá um volume de negócios combinado de 74 mil milhões de dólares (65 mil milhões de euros) em 2019.

“O casamento da United Technologies e da Raytheon vai definir o futuro do sector aeroespacial e da defesa”, assegurou Gregory Hayes, patrão da United Technologies, que vai liderar o novo grupo.

Tom Kennedy, patrão da Raytheon, vai ser presidente do conselho de administração.

Uma vez concluída a fusão os accionistas da UTC vão controlar 57% da nova empresa, enquanto os da Raytheon deterão os 43% restantes, precisou o comunicado.

Raytheon é o fabricante dos mísseis de defesa Patriot, celebrizados durante a primeira guerra do Golfo, e dos mísseis de cruzeiro Tomahawk, cujo lançamento durante a noite a partir de navios da Marinha norte-americana marcaram o início do segundo conflito na região.

Temas