Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Falta de actividade na base do encerramento da Mandume e Glinn Seguros

A falta de actividade seguradora estará na base do encerramento da Mandume Seguros e da Glinn Seguros, uma vez que não se tem registo da comercialização de seguros nos últimos anos, declaram fontes do Mercado.

Luanda /
20 Fev 2020 / 19:54 H.

Constituída em 2011, a Mandume Seguros, tal como a Glinn Seguros encontravam-se numa situação de incumprimento em relação aquilo que são os preceitos da actividade seguradora, nomeadamente a venda de seguros, apresentação de relatório e contas, provisões técnicas, reservas obrigatórias, entre outros.

As companhias tinham autorização para a exploração dos ramos Vida e Não Vida.

Em comunicado recente, a Agência Angolana de Regulação de Seguros (ARSEG) informa que notificou “as empresas Mandume Seguro S.A e Glinn Seguros SA, da caducidade das licenças de autorização para o exercício da actividade seguradora”.

.

A nota adianta ainda que se trata de licenças emitidas a 18 de Maio de 2012 (Mandume Seguros) e 12 de Agosto de 2016 (Glinn Seguros). Lê-se ainda que a deliberação do Conselho de Administração da ARSEG decorre do estipulado no artigo 9.º do Decreto Presidencial nº141/13, de 27 de Setembro, que aprova o estatuto orgânico da ARSEG, conjugado com o nº 1 do artigo 108º da Lei nº 12/15, de 17 de Junho, Lei de Base das Instituições Financeiras.