Empresários angolanos e hispano-americanos criam câmara de comércio

Os empresários angolanos e hispano-americanos criaram, em 2016, a Câmara de Comércio e Indústria Hispano-americana Angolana cujo objectivo é estabelecer parcerias e atrair investimento estrangeiro no sector agrícola.

Angola /
07 Dez 2018 / 17:59 H.

O corpo directivo da referida câmara tomou posse ontem e contou com a presença de uma delegação composta por nove empresários mexicanos, à procura de oportunidade de negócio no sector agro-industrial. Os investidores visitaram as províncias do Bengo, Kwanza-Norte e Kwanza-Sul.

A Câmara de Comércio e Indústria Hispano-americana Angolana (CCHIA) é constituída por empresários angolanos, argentinos, colombianos, mexicanos, venezuelanos, uruguaios e espanhóis. O Presidente da Assembleia Geral da CCHIA é o empresário Agostinho Raimundo de Sousa e Santos.

De acordo com o responsável, que cumpre um mandato até 2020, o órgão ora constituído tem como objectivo promover e fazer fluir investimentos nacionais e estrangeiros na agro-indústria, incentivando, com o apoio do Ministério da Agricultura, representado na cerimónia pelo secretário de Estado para o Sector Empresarial Agrícola, Carlos Alberto Jaime Pinto, o surgimento de novas empresas no sector, bem como criar novas oportunidade de emprego e contribuir para a superação do momento difícil que o País está a enfrentar.