Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Emirates Airlines retoma voos com redução em 70% dos destinos

Actualmente a companhia voa para 20 destinos em África. Tarifas mantêm-se inalteradas, empresa implementa cobertura de despesa em casos de COVID 19 detectados a bordo.

Luanda /
12 Out 2020 / 10:33 H.

A Emirates Airline retomou os voos de passageiros para cerca de 99 destinos, perto de 70% da rede pré-pandêmica, informou esta semana o delegado da companhia aérea para Angola, Luís Berenguel.

No País os voos começaram a circular desde o dia primeiro do mês em curso, com a escala de um voo por semana agendado para todas as quintas feiras. A intensão manifestada pelo representante da Emirates é expandir o número de voos tão logo as autoridades nacionais assim decidam e caso se mantenha uma taxa de ocupação sustentável (igual ou superior a 70% da lotação).

Inicialmente as tarifas mantêmse inalteradas, como aponta Berenguel, mas lembra que as mesmas estão indexadas a moeda forte como é corrente no sector, pelo que qualquer ajuste haja na variação cambial terá certamente impacto a nível de pricing.

No tocante as medidas de cautela em função do actual momento, o delegado assegura que todas medidas decorrentes das autoridades sanitárias nacionais e internacionais e dos reguladores de cada país de destino estão criteriosamente observadas de modos a prover a segurança necessária e adequada dos passageiros.

“Devo dizer que nos preparamos ao longo destes meses, seguindo todas as recomendações da OMS, ICAO da IATA, do Governo angolano e de diferentes países” realça. “Tem sido um exercício complexo. É um desafio termos de responder e estarmos preparados para os procedimentos, não só das instituições internacionais como OMS, mas também os requisitos de cada um dos países para onde nós estamos a operar” (ver caixa).

Revela que são a primeira companhia oferecer uma cobertura gratuita para despesas médicas para despesas médicas relacionadas com COVID-19 caso um passageiro seja diagnosticado COVID-19 durante a viagem.

Avança igualmente que foi reposto o serviço de choufer-drive drive e a sala de cliente no aeroporto do Dubai.