Tempo - Tutiempo.net

Dona da Zara bate recorde e aumenta vendas para 12,82 mil milhões de euros

O primeiro semestre de 2019 foi o melhor de sempre para a Inditex. O grupo têxtil espanhol anunciou esta quarta-feira que bateu recordes de receitas das vendas, que aumentaram 7% para 12,82 mil milhões de euros, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Europa /
12 Set 2019 / 09:21 H.

A empresa que detém lojas como a Zara, Pull and Bear, Massimo Dutti, Bershka, Stradivarius ou Oysho viu ainda os seus lucros subirem 10%, para 1,55 mil milhões de euros, entre 1 de fevereiro de 31 de julho.

O grupo tem neste momento 7.420 lojas em 96 mercados, de acordo com o mais recente relatório e contas. A multinacional liderada por Pablo Isla Álvarez de Tejera destacou a relevância dos investimentos que realizados nas lojas, bem como em logística e tecnologia, os quais foram “elementos-chave para o desenvolvimento da loja integrada, focada no cliente e plataforma online”.

O EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – aumentou 47%, para 3,44 mil milhões de euros e a margem bruta teve um acréscimo de 7%, para 7,28 mil milhões de euros, no primeiro semestre deste ano.

Na Bolsa de Madrid, os títulos da Inditex estão a cair 1,99%, para 28,40 euros. Ainda assim, as ações da empresa fundada por Amancio Ortega têm tido uma boa performance, em torno dos 28,70 euros, o que representa máximos de 12 meses.