Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Conselho Nacional de Juventude e EY assinam Protocolo de Cooperação

A empresa de auditoria das “big four” pretende impulsionar o acesso dos jovens ao emprego através de formação especializada a custo zero.

Luanda /
25 Mai 2021 / 15:23 H.

O Conselho Nacional de Juventude (CNJ) e a Ernst & Young (EY) assinaram recentemente um protocolo no âmbito do programa “EY Ripples”, que visa ter um impacto positivo nas comunidades, especialmente junto dos jovens, através da partilha de conhecimento, informou a EY em comunicado.

De acordo com o documento, a partilha de conhecimento será feita através de formação especializada a custo zero, em áreas como literacia financeira, empreendedorismo, planos de negócios, planeamento e controlo orçamental, liderança e gestão de equipas e sistema fiscal, entre outras.

Como também, a realização de workshops e mentoring, a EY coloca à disposição dos jovens Angolanos um conjunto de ferramentas que vão ajudar a resolver os seus desafios mais complexos e proporcionar um crescimento sustentável para lhes facilitar o acesso ao emprego e a criação do próprio emprego.

"O nosso impacto duradouro não se limita aos clientes com quem trabalhamos através das nossas linhas de serviços integrados - Assurance, Consulting, Tax e Strategy and Transactions. Também construímos um melhor mundo de negócios para todos os interessados através da publicação dos nossos insights, pesquisas e opiniões sobre as questões que mais interessam às empresas, empreendedores, investidores, governos e reguladores”, explica o Office Managing Partner da EY Angola, Carlos Basto.

“Ao fazer isso, podemos ajudar a aproveitar as oportunidades que a mudança oferece para criar melhores negócios e impulsionar um crescimento económico mais inclusivo”, acrescenta.

A EY Angola, empresa de serviços com profissionais multidisciplinares, com realce na auditoria, que está no País desde 1957 tem o propósito de ajudar a desenvolver e construir melhores negócios para os seus clientes, para as pessoas e para a sociedade.