Christine Lagarde visita Angola de 20 a 22 de Dezembro

A deslocação poderá culminar as negociações em torno de um empréstimo de 4,5 mil milhões de dólares.

Angola /
06 Dez 2018 / 11:21 H.

Num comunicado enviado a imprensa, o Ministério das Finanças lembra que as negociações para o empréstimo (que corresponde a um valor de 3,8 mil milhões de euros), iniciadas formalmente a 01 de agosto, é o principal objectivo da visita, uma vez que só poderão ficar concluídas depois de o parlamento aprovar o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2019, documento que será levado a votação na Assembleia Nacional a 14 deste mês.

A visita, segundo a nota, ocorre ao abrigo do artigo IV, do Acordo Constitutivo daquela instituição financeira internacional firmado na Supervisão Económica, Assistência Técnica e Assistência Financeira aos países membros.

Durante os dois dias da visita, que representa o ponto mais alto na relação entre Angola e o FMI, serão discutidos e analisados os programas a serem implementados em prol da alavancagem da economia.

Christine Lagarde tem previsto encontros com o Presidente angolano, João Lourenço, com a equipa económica do Governo e com líderes femininas, bem como outras actividades, com destaque para a participação em programas de caridade existentes no país, lê-se no documento.

Segundo a equipa do FMI, um eventual acordo poderá também envolver o Banco Mundial (BM) e o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) com montantes mais elevados do que os que actualmente estão em negociação.

Em novembro, nas discussões realizadas no parlamento sobre a proposta do OGE para 2019, o ministro das Finanças angolano, Archer Mangueira, indicou que a adesão de Angola a um programa financiado pelo FMI permitirá, entre outros objectivos, facilidades de financiamentos a custos mais baixos do que as taxas de mercado.

As negociações com o FMI, lembrou, só podem ser retomadas depois de o parlamento aprovar o OGE2019, pois muito do que está a ser avaliado com aquela instituição financeira internacional depende do documento.

Temas