Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Buffet regista liquidez recorde de 122 mil milhões USD

A Berkshire Hathaway, empresa de Warren Buffet, a partir da qual o magnata realiza os seus investimentos, tem uma liquidez de 122 mil milhões de dólares, o valor mais elevado alguma vez registado, de acordo com as contas da companhia relativas ao segundo trimestre de 2019.

EUA /
05 Ago 2019 / 12:27 H.

Após ter comunicado à comissão do mercado accionista norte-americano (SEC) lucro sde 14,1 mil milhões de dólares, a empresa do “Oráculo de Omaha” – assim é conhecido Buffet entre os investidores -, revelou ter um valor recorde em dinheiro pronto a ser investido.

Em 2018, Buffet garantiu aos accionistas da Berkshire Hathaway que queria realizar mais investimento e concretizar aquisições durante o ano de 2019, contudo o empresário – de acordo com especialistas citados pela CNN – travou os seus investimentos.

O facto de as empresas com boas perspectivas de crescimento no longo prazo terem apresentado preços demasiados altos na venda das suas participações estarão na origem dessa decisão. Resultado? Uma liquidez recorde para o norte-americano.

A falta de investimento não será um alerta para o empresário. Buffet continua a ganhar dinheiro, tendo visto o valor de todas as suas participações financeiras que incluem empresas desde a Coca-Cola até à Apple superar a fasquia dos 200 mil milhões de dólares.

E esta maré de cautela nos investimentos de Buffet também não é inédita. De acordo com o “Cinco Días”, o empresário que é o terceiro homem mais rico do mundo – contas da “Forbes” – já viveu situação semelhante em 1998 e 2004. Há 21 anos, Warren Buffet tinha um liquidez de 15 mil milhões de dólares, enquanto em 2004 viu esse valor crescer para 43 mil milhões.

Em 2019 a questão é outra: Buffet nunca teve tanto dinheiro em caixa pronto a ser usado, sendo que desde o final de 2017 o guru dos mercados já reteve mais de 100 mil milhões de dólares. A ausência de investimentos é interpretada, no entanto, como um sinal de optimismo na economia actual.