Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

BFA garante esclarecer a demissão de António Domingues

O Banco Fomento Angola (BFA) anunciou hoje (13/07) que se vai pronunciar “nos próximos dias” sobre os motivos da demissão do gestor António Domingues, do cargo de vice-presidente da instituição, alegadamente envolvido em crimes de branqueamento de capitais.

13 Jul 2020 / 16:12 H.

Em mensagem enviada à Lusa, o BFA garante publicar, “nos próximos dias”, uma nota de imprensa “com esclarecimentos” sobre António Domingues, que na semana passada se demitiu do cargo de vice-presidente da instituição bancária.

António Domingues, eleito para o cargo no início do ano, apresentou a sua demissão por “assuntos internos do banco angolano”, detido em 48,1% pelo português BPI, decisão, cujos motivos, foram já informados, através de carta, ao Banco Nacional de Angola (BNA), segundo a imprensa.

O BFA informa no seu ‘site’ que António Domingues e Otília Carmo Faleiro, a seu pedido, cessaram os mandados como membros dos órgãos sociais, com efeitos imediatos, a partir de 06 e 08 de julho, respectivamente.