Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Autoeuropa exportou cerca de 24 milhões de peças em 2019

04 Fev 2020 / 07:05 H.

De um total de 38,6 milhões de peças estampadas pela área de prensas no ano passado, 23,9 milhões foram para exportação, designadamente para 20 fábricas, da Seat, Skoda, Volkswagen, Audi e Porshe.

A Autoeuropa exportou mais de 23 milhões de peças estampadas na área de prensas da fábrica de Palmela em 2019, ano em que bateu o recorde de produção de automóveis, anunciou ontem, sexta-feira, a empresa do grupo Volkswagen.

Segundo informação disponibilizada pela empresa, de um total de 38,6 milhões de peças estampadas pela área de prensas no ano passado, 23,9 milhões foram para exportação, designadamente para 20 fábricas, da Seat, Skoda, Volkswagen, Audi e Porshe, distribuídas por nove países em três continentes.

A Autoeuropa, que anunciou mais um investimento de 103 milhões de euros na modernização da operação logística e no aumento da capacidade de produção da fábrica de automóveis em Palmela, produziu um total 254.600 veículos em 2019, estabelecendo um novo recorde de produção no sector automóvel em Portugal.

A funcionar em pleno desde Janeiro de 1995, a fábrica de Palmela, o maior investimento estrangeiro no país, é uma unidade industrial multiproduto e multimarca que tem contribuído decisivamente para melhorar as exportações portuguesas e que se tem revelado um factor de atracção do investimento estrangeiro, particularmente de outras empresas ligadas ao sector automóvel.

A Autoeuropa, que tem actualmente cerca de 6.000 colaboradores, produz os modelos Seat Alhambra, Volkswagen Sharan e T-Roc, prevendo-se para este ano um aumento de produção deste último modelo, T-Roc, um sucesso comercial que foi, em grande parte, responsável pelo recorde de produção da fábrica de Palmela em 2019.