Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Arcor e Webcor investem 45 milhões USD na construção de fábrica de confeitaria

Foi estabelecido um período estimado de seis anos para o retorno do capital no projecto desenhado para ter o triplo do tamanho actual da fábrica.

Angola /
09 Mai 2022 / 09:54 H.

Os grupos empresariais Arcor e Webcor investiram pelo menos 45 milhões USD na construção de uma fábrica de confeitaria, no pólo industrial de Viana, em Luanda, disse o director-geral, Fernando Di Giusto, em entrevista ao Mercado.

De acordo com Fernando Di Giusto, a fábrica, que já produz o chocolate “Bon o Bon”, distribuído pela Angoalissar em todo o território nacional, tem capacidade para produzir 3,5 mil toneladas por ano.

A fábrica, diz, irá também iniciar proximamente a produção de bolachas e biscoitos, uma capacidade instalada de sete mil toneladas por ano, incluindo ainda a linha de rebuçados com cinco mil toneladas.

Segundo o responsável, a fábrica tem mais de 11,5 m2 composta por equipamentos de última geração que vai facilitar em manter os mesmos padrões de qualidade das conhecidas marcas “Bon o Bon”, “Serranitas”, “Triunfo”, “Maná e Maria”, entre outras, até aqui importadas.

“Estamos em condições de garantir, exactamente, os mesmos padrões de qualidade na produção local dessas marcas que são comercializadas noutras partes do mundo. A previsão é de que, até final deste ano, estaremos também a exportar estes produtos para outros países no mercado africano”, garantiu.

Fernando Di Giusto detalhou que foi estabelecido um período estimado de seis anos para o retorno do capital, um projecto desenhado para ter o triplo do tamanho actual da fábrica. A unidade fabril conta com mais de 100 funcionários que pode aumentar à medida que mais linhas de produção entrem em pleno funcionamento, uma previsão total de 500 postos de trabalho.

A firma conta ainda com tecnologia e equipamentos de classe mundial e funcionários cujo treino e formação está a ser ministrado por técnicos e operadores qualificados da Argentina, do Brasil e da Itália, num processo de transferência de “know-how”.

Com base num comunicado da instituição, a fábrica Dulceria Nacional, vai ser inaugurada oficialmente no dia 9 de Maio de 2022, onde deverá estar presente para testemunhar o acto, distintos membros do Executivo, parceiros comerciais e outros.

A Dulceria Nacional resulta da parceria entre os grupos Arcor e Webcor, constituída com um portfólio diversificado de empresas especializadas em sourcing (método que permite à empresa analisar o orçamento total do valor a ser gasto com determinados produtos ou serviços), agricultura, produção e distribuição de produtos alimentares.

A fábrica tem parcerias com a Angoalissar, Grandes Moagens de Angola, Lactiangol e Imex Indústria.