Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

ANJE reforça parceria luso-africana para o sector têxtil

A iniciativa inseriu-se no projecto CANEX, parceria entre a ANJE e o Afreximbank que pretende promover a indústria têxtil e de vestuário africana em Portugal.

Luanda /
24 Nov 2021 / 11:13 H.

O presidente da Associação Nacional de Jovem Empresários (ANJE), Alexandre Meireles, assinou recentemente um memorando de entendimento com o Afreximbank, representado pela sua directora de Exportações, Oluranti Doherty, que pretende reforçar a parceria entre as duas entidades para aumentar oportunidades de negócios de empresários portugueses do sector têxtil no mercado africano e da produção do continente africano no mercado europeu.

Com o objectivo de “criar plataformas que possibilitem o match entre criativos, marcas e investidores, de forma a converter em valor económico o potencial da criatividade aplicada ao têxtil e vestuário”, a ANJE pretende que o sector têxtil português passe a ter mais oportunidades de exportar e investir no estrangeiro, diversificando os seus mercados.

Em causa está uma estrutura de apoio sectorial que terá a duração de três anos e que conta com a colaboração da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, lançando bases para novas ligações “que visam sobretudo a produção e partilha de conhecimento como suporte à inovação e ainda à competitividade”.

Esta cooperação já envolvera o acolhimento pelo Portugal Fashion, em Outubro, da Portugal-Africa Investment Roundtable “Closing the Investment Gap: Building Africa-Europe Textile Value Chains Post Covid”.

A iniciativa inseriu-se no projecto CANEX, parceria entre a ANJE e o Afreximbank que pretende promover a indústria têxtil e de vestuário africana em Portugal.