Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Angola Cables lança plataforma digital “Clouds2Africa”

“Estamos a colocar a nossa engenharia de rede harmonizada com uma solução de gestão de conteúdos que tem como missão servir o mercado angolano”

Luanda /
26 Jul 2022 / 12:05 H.

Angola Cables lançou recentemente, em Luanda, uma plataforma digital “Clouds2Africa” que vai facilitar o processamento e armazenamento de dados na nuvem, a baixo preço.

Orçado em (pelo menos) 200 mil USD, segundo o director-executivo da Angola Cables, Ângelo Gama, em declarações exclusivas ao Mercado, a “Clouds2Africa” está disponível para pequenas, médias e grandes empresas cujo foco é crescer, reduzir custos e localizar conteúdos no País.

A vantagem da nova plataforma digital, explicou, consiste na possibilidade de ser escalável para empresas que estendam os dados a outros países de África e do mundo que beneficiam da infra-estrutura de conectividade internacional da Angola Cables.

Ângelo Gama considera seguro, flexível e de alto desempenho o dispositivo desenvolvido em Angola, pois vai permitir que a informação das empresas hospedadas permaneça no País, seguindo as regras de compliance e protecção de dados em vigor.

Depois de Luanda, a Angola Cables vai lançar a “Clouds2Africa” na África do Sul, Nigéria e Brasil. O dólar norte-americano será a referência, mas “também vamos aceitar moedas dos países em que estivermos associados”.

É intenção da Angola Cables, assegurou Ângelo Gama, iniciar o processo de expansão da plataforma digital (desenvolvida no País) na Nigéria, onde está a ser montada uma nova unidade de negócio.

De acordo ainda com Ângelo Gama, as star-ups, PMEs, bancos e companhias petrolíferas passam a contar com um provedor nos serviços de computação em nuvem, armazenamento de dados, disaster recovery, backup de redes de aplicações em ambientes compartilhados (integralmente) em qualquer lugar, sem investimento de equipamentos e humanos.

A plataforma “Clouds2Africa” foi desenvolvida para garantir o acesso aos dados na cloud com a mais baixa latência, através de um modelo controlado por pay you grom (pagamento em kwanzas à medida que o negócio cresce).

“Estamos a colocar a nossa engenharia de rede harmonizada com uma solução de gestão de conteúdos que tem como missão servir o mercado angolano”.

A Angola Cables é uma multinacional de telecomunicações, tecnologia e conexões com escritórios em mais de três países, cinco cidades e 135 colaboradores, de vários horizontes e culturas.