Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Africell e NBA colaboram para criação da “Liga NBA Júnior “em Angola

Ao estabelecer uma parceria oficial com A NBA África em Angola, vai apoiar ainda mais a participação dos jovens no basquetebol, reforçando o papel do desporto como Plataforma de evolução positiva nas comunidades em todo País.

Luanda /
12 Set 2022 / 09:25 H.

Africell) em conjunto com a National Basketball Association (NBA) anunciaram, na semana transacta, em Luanda, a colaboração plurianual para envolver milhares de jovens angolanos através da criação de uma “ Liga NBA Júnior”.

A iniciativa foi anunciada num dos centros comerciais (shopping) da capital numa cerimónia publica concorrida.

As duas instituições almejam garantir ao público feminino a construção de clínica de aperfeiçoamento técnico da organização de celebração para transmissão de jogos, distribuição e comercialização de equipamentos desportivos, campanhas de marketing das duas marcas.

Para o CEO e presidente do grupo Africell, Ziad Dalloul, citado numa nota de imprensa da empresa “Jogar e assistir ao desporto contribui para o crescimento pessoal e conduz a uma maior inclusão social”.

Ziad Dalloul refere ainda na nota distribuída à imprensa na ocasião que, o basquetebol é “extremamente popular em Angola”, constituindo uma história de orgulho nacional, produzindo jogadores talentosos e equipas vencedoras.

“Ao estabelecer uma parceria oficial com a NBA África em Angola, vai apoiar ainda mais a participação dos jovens no basquetebol, reforçando o papel do desporto como Plataforma de evolução positiva nas comunidades em todo País”, afirmou.

Por sua vez o CEO da NBA África, Victor Williams, diz que a empresa esta ansiosa em trabalhar com a Africell a fim de expandir as iniciativas de desenvolvimento juvenil e da responsabilidade social.

“Colaborar com um operador móvel líder como a Africell irá apoiar os nossos esforços para tornar o basquetebol mais acessível aos jovens de todo o continente Africano, e permitir-nos envolver mais jovens jogadores e adeptos em Angola do que nunca”, disse Victor Williams, CEO da NBA África.

Para além da criação da “Liga NBA Júnior”, o acordo de três anos vai proporcionar também seminário denominado “Her Time To Playem” em português “Tempo para Jogar”.

A iniciativa das empresas visa inspirar a próxima geração de raparigas dos 7 aos 14 anos de idades a jogar basquetebol de uma forma positiva e saudável, uma vez que, a NBA África e a Africell fornecerão às raparigas angolanas formas de se envolverem e aprenderem umas com as outras através do basquetebol.

Sobre a Africell

A Africel, operadora de redes móveis e serviços tecnológicos, com mais de 16 milhões de assinantes da África subsariana, opera actualmente em Angola, República Democrática do Congo, Serra Leoa e Gâmbia.

Empresa de capital norte americano, com sede em Londres, emprega directa e indirectamente mais de 10 mil pessoas. A Africell também investe e apoia iniciativas sociais que proporcionam benefícios aos mercados em que operam e ao continente nas áreas do desporto, saúde, bem-estar, educação e empreendedorismo, artes cultura e património.

Com ambição de reduzir o fosso de oportunidades em África, ligando as pessoas aos recursos digitais e físicos de que necessitam para se envolverem plenamente na vida comunitária, a nível local, nacional e internacional.

Sobre a NBA África

A NBA África é uma entidade autónoma formada em Maio de 2021, que conduz os negócios da NBA em África, incluindo a Liga Africana de Basquetebol (BAL). A NBA tem uma longa história em África e abriu a sua sede africana em Joanesburgo, África do Sul em 2010, antes de abrir escritórios adicionais em Dakar, Senegal e Nigéria.

Os esforços da liga no continente concentraram-se em potenciar o acesso ao basquetebol e a NBA através do desenvolvimento da juventude e da elite, responsabilidade social, distribuição dos meios de comunicação social, parcerias empresariais, jogos africanos da NBA, BAL e muito mais.

Os jogos e a programação da NBA estão disponíveis em todos os 54 países africanos, e a NBA já recebeu três jogos de exposição esgotados no continente desde 2015. O BAL, uma pareceria entre a Federação Internacional de Basquetebol (FIBA), e a NBA África, é uma liga profissional que conta com 12 equipas de clubes de todo continente africano, que completaram recentemente a sua segunda época.