Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Petróleo regista ganhos. Estados Unidos querem limitar o preço do "ouro negro" da Rússia

O anúncio destas negociações foi feito segunda-feira por Janet Yellen, secretária do tesouro norte-americana.

Luanda /
21 Jun 2022 / 10:16 H.

O petróleo está a negociar em alta, depois de uma pausa para feriado esta segunda-feira nos Estados Unidos. Os investidores estão a avaliar a diminuição da oferta à medida que assistem a uma desaceleração económica em todo o mundo.

Washington está em conversações com o Canadá e outros aliados mundiais para restringir as receitas de energia por parte de Moscovo, através da imposição de um preço máximo na venda de petróleo russo. Ainda assim, sem repercussões para países de baixos rendimentos.

O anúncio destas negociações foi feito segunda-feira por Janet Yellen, secretária do tesouro norte-americana, que adiantou que "esta definição de preços iria melhorar e reforçar as mais recentes propostas de restrições energéticas por parte da Europa, Estados Unidos e Reino Unido e outros países, permitindo diminuir as receitas de Putin, ao mesmo tempo que aumenta a possibilidade de maior quantidade de petróleo russo chegue aos mercados mundiais".

O West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, ganha 1,79% para 111,52 USD por barril. Já o Brent do Mar do Norte – referência para as importações europeias – valoriza 0,55% para 114,76 USD por barril.

"Temos duas narrativas em competição aqui", explica o especialista em petróleo Andrew Lipow, citado pela Reuters, "Uma são as sanções à matéria-prima proveniente da Rússia (que apoia os preços). Por outro lado, temos os preços elevados que resultam em alguma diminuição da procura".