Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Ouro sobe e dólar cai horas antes de serem divulgados dados da inflação norte-americana

O metal amarelo já perdeu 2,4% esta semana, estando perto de mínimos de três meses.

Angola /
11 Mai 2022 / 09:35 H.

O galopar do dólar no mercado internacional para máximos de dois anos está a corroer a procura pelo ouro já que o torna mais caro, levando os investidores a procurar por outros activos refúgio.

O metal amarelo já perdeu 2,4% esta semana, estando perto de mínimos de três meses. Ainda assim, horas antes de serem divulgados os números da inflação nos EUA, o metal amarelo conseguiu arrecadar alguns ganhos, valorizando 0,60% para 1.849,25 USD a onça.

A política monetária falcão da Reserva Federal norte-americana alimentou a escalada do dólar que já valorizou cerca de 5% desde o início de Março e motivou a procura dos investidores pelas dívidas soberanas em detrimento do metal amarelo que não remunera juros.

"O principal obstáculo para o desempenho do ouro é o aumento contínuo do dólar", sublinhou Nicholas Frappell, responsável pelo departamento de mercados institucionais da ABC Refinery em Sidney, citado pela Bloomberg.

No mercado cambial, o índice do dólar da Bloomberg – que compara o "greechash" com 10 divisas rivais cede 0,23%, mantendo-se no entanto acima da linha psicológica dos 103 pontos, mais concretamente 103,23 pontos, renovando máximos de dois anos.

Já o euro soma 0,25% para 1,0555 USD, continuando no entanto em mínimos de 2017.