Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Nyaneka Sousa: “O BAI já não quer agricultores de fim-de-semana”

Subdirector da direcção de crédito do BAI, Nyaneka Sousa, diz que a instituição financeira pretende trabalhar com empresários do sector produtivo que apresentem projectos que sejam efectivamente rentáveis.

Luanda /
18 Fev 2020 / 16:53 H.

Uma equipa do Banco Angolano de Investimento (BAI) composta pelo administrador executivo, Simão Fonseca, o subdirector da direcção de crédito, Nyaneka Sousa, e pelo sub-director da direcção das pequenas e médias empresas, Délcio Capita, estive reunida recentemente com empresários, agricultores e cooperativas das província do Bié e do Huambo para explicarem as regras de acesso ao crédito no âmbito do Programa de Apoio ao Crédito (PAC).

Nyaneka Sousa, subdirector da direcção de crédito do BAI, explicou que o banco quer deixar de olhar para os projectos dos empresários apenas numa vertente financeira, isto é, montante, risco e retorno para o banco. “O BAI já não quer agricultores de fim-de-semana”, começou por advertir.

O gestor revelou ainda que, no âmbito do PAC, o BAI está disposto a apoiar projectos que sejam viáveis e por isso prepara-se para lançar o PAC Express, que vai disponibilizar até 20 milhões KZ aos pequenos agricultores com produção comprovada. O banco pretende disponibilizar as verbas sem exigir requisitos como título de propriedade de concessão de terra, 25% do valor inicial e estudo de viabilidade do negócio que, segundo os empresários, tem sido um dos grandes factores impeditivos para se obter financiamento junto da banca.

O BAI abriu oficialmente as pré-candidaturas para o acesso ao crédito ao abrigo do PAC no dia 13 de Fevereiro, sendo que, até àquela data, já tinham dado entrada no banco sete projectos da província do Huambo.

O maior banco de Angola em termos de activo tem vindo a realizar um conjunto de wokshops com o objectivo de estabelecer uma relação estreita entre os empresários, agricultores e cooperativas agrícolas e o banco, bem como explicar como podem ter acesso ao financiamento. No passado dia 13 de Fevereiro realizou o 4º. Workshop no Huambo, sendo que o próximo será realizado entre Namibe e Huíla.