Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Nove empresas seleccionadas para a construção da refinaria do Soyo

Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos seleccionou nove das 31 propostas apresentadas ao concurso público internacional para a construção da refinaria do Soyo, anunciou em Luanda o secretário de Estado para os Petróleos.

Luanda /
04 Fev 2020 / 06:50 H.

José Barroso, ao anunciar os resultados do concurso, disse terem sido seleccionadas as empresas e consórcios SDRC, Jiangsu Sinochem Construction, Quantem Consortium, CMEC, AIDA e VSF, Tobaka Investiment Group, Atis Nebest – Angola, Satarem, Gemcorp Capital e CPP.

O secretário de Estado disse ainda que todas as propostas vêm com uma capacidade de refinar 100 mil barris de petróleo por dia, com a excepção da SDRC, que tem uma capacidade que vai até 120 mil barris por dia.

As nove propostas avançam prazos de execução que vão de 16 a 40 meses.

A análise das propostas será feita dias 5 e 6 de Março e o vencedor será conhecido dia 31 de Março de 2020, precisou o secretário de Estado.

A construção da Refinaria do Soyo faz parte de um programa que prevê, também, a edificação de instalações do género em Cabinda, com capacidade de processamento de 60 mil bpd, e no Lobito (200 mil bpd), além da recuperação e modernização da de Luanda, que quadruplicará a sua capacidade de 300 para 1200 toneladas por ano.