Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Macau recebe da Rússia primeiro lote de diamantes em bruto certificados

Macau recebeu hoje o primeiro lote de diamantes em bruto certificados pelo processo Kimberley, dando início ao comércio deste tipo de pedras preciosas com o qual espera reforçar as relações sino-lusófonas.

China /
28 Nov 2019 / 10:56 H.

Este regime de certificação, que atesta a origem destas pedras preciosas e é fundamental para que as regiões produtoras, como os países de língua portuguesa, possam exportar diamantes em bruto para Macau, entrou em vigor a 01 de outubro.

O primeiro lote a chegar a Macau, proveniente da Rússia e com mais de 600 quilates, foi importado por um conglomerado privado de Hong Kong, que vê no antigo território administrado por Portugal uma plataforma vantajosa para o negócio.

A ideia foi expressa pelo director de operações da empresa, Kent Wong, em declarações aos jornalistas.

“Os países de língua portuguesa possuem diamantes (...) e a China é o segundo maior consumidor do mundo. Podemos aproveitar Macau como plataforma [sino-lusófona], pela cultura e pela língua, e o custo de importação até pode baixar”, afirmou.

Outra vantagem é a distância entre Macau e algumas fábricas no interior da China, apontou o responsável da empresa sediada em Hong Kong.

Questionado sobre a turbulência em Hong Kong, o responsável negou que esta afecte o negócio, que descreveu como “muito estável”.