Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Jornal Globo diz que Oi já assinou acordo para venda de 25% da Unitel à Sonangol

Segundo o jornal brasileiro, a maior fatia dos mil milhões de dólares, cerca de 750 milhões, será pago já à Oi, ficando o restante a ser pago em até 90 dias. A Oi está a subir 5,44% na Bolsa de São Paulo. Ainda não há confirmação oficial.

Paris /
24 Jan 2020 / 08:27 H.

O jornal brasileiro Globo avança que a Oi e a Sonangol já assinaram a venda dos 25% da operadora brasileira na Unitel.

O Grupo Sonangol pagará mil milhões de dólares pela participação de 25% da companhia brasileira na Unitel. Segundo o jornal brasileiro, a maior fatia, cerca de 750 milhões de dólares, será pago já à Oi, ficando o restante a ser pago em até 90 dias.

A angolana Unitel conta com quatro accionistas, cada um dos quais com 25%. São eles a PT Ventures (detida pela brasileira Oi), a MSTelecom/Sonangol, a Geni (do general Leopoldino do Nascimento) e a Vidatel (de Isabel dos Santos).

O Expresso já tinha avançado que Sonangol estava disponível para comprar à brasileira Oi a participação de 25% na operadora móvel de Angola Unitel, citando o presidente da petrolífera angolana ao Expresso. É na Unitel que Isabel dos Santos tem também 25%, uma das participações que está arrestada por ordem judicial de Angola.

“Estamos a equacionar a hipótese de ficar com a posição da PT Ventures, mas tudo está dependente da decisão final do Tribunal Arbitral de Paris”, disse ao Expresso o presidente da Sonangol, Gaspar Martins.

Em fevereiro do ano passado, o Tribunal Arbitral de Paris condenou a Unitel ao pagamento de 568 milhões de euros, depois de a brasileira Oi se ter queixado da falta de pagamento dos dividendos.

A Unitel, por sua vez é dona de 50,9% do BFA onde o BPI tem 48,1%.

O jornal Expresso noticiou no fim de semana passado, citando uma fonte da petrolífera angolana, que a Unitel e o Banco do Fomento Angola deverão passar para as mãos da Sonangol antes do fim de Janeiro.

A portuguesa Pharol tem cerca de 6% da Oi.

A Oi está a subir 5,44% na Bolsa de São Paulo.