Tempo - Tutiempo.net

Fitch prevê recuo do crescimento mundial devido à guerra comercial e ao ‘Brexit’

A Fitch acredita que o impacto da guerra comercial entre a China e os EUA e os riscos de um ‘brexit’ sem acordo levarão a uma revisão em baixa do crescimento a nível mundial, incluindo na zona euro.

China /
11 Set 2019 / 08:53 H.

Em comunicado, a agência de ‘rating’ referiu que “levou a cabo revisões em baixa significativas ao crescimento do PIB [Produto Interno Bruto] da China e da zona euro para os próximos 18 meses”.

Assim, a organização prevê que a economia chinesa cresça 6,1% este ano e 5,7% em 2020, face às previsões da agência em junho, que apontavam para 6,2% e 6% respetivamente.

Na mesma nota, a Fitch revela que, no caso da zona euro, a estimativas são agora de um aumento de 1,1% em 2019 e 2020, mas em junho a Fitch apontava para 1,2% este ano e 1,3% em 2020.

Os Estados Unidos não escapam a este cenário de desaceleração, com as previsões a apontarem para uma evolução do PIB de 2,3% este ano e 1,7% em 2020, em comparação com a estimativa anterior, de 2,4% e 1,8% respectivamente.

A Fitch avisa ainda que a zona euro pode ainda crescer menos no caso de um ‘brexit’ sem acordo, “um risco que cresceu ainda mais no verão”, segundo o comunicado.