Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Estratégia de pagamento da dívida começa a surtir efeitos próximo ano

A partir de 2021, Angola vai ter as vantagens da política económica que levou o país a colocar ao serviço da dívida pública, nos últimos anos, mais de metade do Orçamento Geral do Estado (OGE), avaliou ontem, em Luanda, o director Nacional da Unidade de gestão da Dívida Pública.

Luanda /
20 Fev 2020 / 11:22 H.

De acordo com Jornal de Angola, Walter Pacheco lembrou que, desde 2017, o país gasta, em média, 20 mil milhões de dólares anuais no pagamento da dívida pública, valor que deve descer para nove mil milhões a partir de 2021, o que abre folga ao OGE para maior investimento público.

O economista falava numa palestra sobre a Dívida Pública.