Tempo - Tutiempo.net

China isenta de taxas alfandegárias retaliatórias carne de porco e soja dos EUA

A China isentará de taxas alfandegárias retaliatórias a soja e a carne de porco dos Estados Unidos, disse hoje a agência de notícias estatal Xinhua, num possível gesto de boa vontade antes das negociações entre os dois países.

China /
13 Set 2019 / 14:22 H.

A agência de notícias Xinhua, citando fontes oficiais não identificadas, referiu que a soja, a carne de porco e outros produtos agrícolas estarão isentos do aumento das taxas alfandegárias.

Não foi indicado se ou quando voltarão a aumentar as taxas sobre estes produtos.

Pequim impôs taxas de 25% sobre produtos agrícolas norte-americanos e ordenou que os importadores parassem de comprar soja, a maior exportação dos Estados Unidos para a China, em resposta ao aumento das taxas aplicadas pelo Governo do Presidente norte-americano, Donald Trump, sobre produtos chineses.

Entretanto, a China anunciou, na quinta-feira, que alguns produtos químicos industriais dos Estados Unidos passariam a estar isentos de taxas alfandegárias retaliatórias na guerra comercial com Washington, mas que continuaria a penalizar a soja e a carne de porco norte-americanas.

O anúncio do ministério chinês das Finanças surge depois de, na semana passada, Pequim e Washington terem informado que delegações de ambos os países vão voltar a reunir-se em Outubro para discutir um acordo que ponha fim às disputas comerciais que ameaçam a economia mundial.