Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Boeing e Caterpillar retiram ânimo a Wall Street após ‘rally’

Os mercados norte-americanos abriram a sessão desta quarta-feira ‘flat’ depois das fortes subidas registadas ontem à noite.

EUA /
24 Abr 2019 / 16:00 H.

O Dow Jones recua 0,15% (para os 26.616,39 pontos). Na mesma linha, o alargado S&P 500 corrige e perde 0,14% (para os 2.929,62 pontos) e o tecnológico Nasdaq desliza 0,18% (para os 8.106,18 pontos). Também o Russell 2000 desvaloriza (-0,03%), para os 1.584,11 pontos.

A multinacional com sede em Chicago – que tem estado pressionada desde a queda dos seus aviões 737 Max – viu as receitas do departamento de aviação comercial caírem 8,5% em termos homólogos, para 11,8 mil milhões de dólares (cerca de 11 mil milhões de euros).

Por outro lado, a fabricante de máquinas, motores e veículos pesados não tem tantos motivos para desanimar (viu, por exemplo, os ganhos por acção a fixarem-se nos 2,94 dólares, superior aos 2,82 dólares esperados pelos analistas), os seus títulos caem 2,99%, para 137,79 dólares. É que, apesar dos resultados positivos, a Caterpillar assustou os investidores ao perder 4% nas vendas de equipamentos de construção na Ásia-Pacífico, o seu principal mercado em crescimento.

“Olhando para as cotadas de maior capitalização, temos a AT&T a reagir mal à perda de subscritores mais acentuada que o previsto. Os números da Caterpillar parecem não ter trazido entusiasmo aos investidores”, refere Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp. O analista do BCP destaca ainda a boa resposta do Snapchat e da eBay [vendas líquidas de 2,64 dólares por ação, ultrapassando os 2,58 estimados] aos números apresentados, bem como a “oferta concorrente de compra lançada à Anadarko, e que está a animar a petrolífera”.

Temas