Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Alibaba regista quebra de receita trimestral pela primeira vez

O lucro no primeiro trimestre fiscal terminado em Junho atingiu os 22 739 milhões de yuans (3.306 milhões de euros), menos 50% do que um ano antes.

Luanda /
05 Ago 2022 / 09:55 H.

A gigante chinesa de comércio electrónico Alibaba registou, pela primeira vez na sua história, uma quebra na receita trimestral, mas acima das expectativas, num cenário de desaceleração económica e regulamentação mais rígida.

As receitas da Alibaba no primeiro trimestre fiscal, entre Abril e Junho de 2022, ascenderam a 205.555 milhões de yuans (29 850 milhões de euros à taxa de câmbio actual), valor ligeiramente abaixo do período homólogo de 2021 (quase 1%), detalhou o grupo em comunicado, evocando um “declínio” das actividades de comércio compensado pelas assentes na ‘cloud’ (nuvem).

“Após os meses de Abril e Maio relativamente fracos, vemos sinais de recuperação nas nossas actividades em Junho”, afirmou o presidente executivo do grupo, Daniel Zhang, citado em comunicado, sendo que aquele mês foi quando houve um alívio das restrições anti-pandemia na China.

Em igual período do ano passado, as vendas subiram 34%, em termos homólogos, para 205 740 milhões de yuans (29 873 milhões de euros).

O lucro no primeiro trimestre fiscal terminado em Junho atingiu os 22 739 milhões de yuans (3 306 milhões de euros), menos 50% do que um ano antes.

Temas