Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Abertura de contas “Bankita” retrai 11% em Fevereiro

Desde o início do programa Bankita foram contabilizadas 1,05 milhões de contas abertas, incluindo contas migradas, em termos acumulados.

Luanda /
14 Jun 2021 / 11:54 H.

No mês de Fevereiro foram abertas 9 940 contas “Bankita”, representando uma redução de 11,7% em relação as 11 258 abertas em Janeiro, segundo o Relatório de Balanço divulgado pelo Banco Nacional de Angola, BNA.

De acordo com os dados, em termos acumulado o aumento foi de 0,83%, atingindo 85 300 contas abertas das quais 20 3743 migraram para contas convencionais. Porém, o saldo acumulado registou uma redução de 2,87%, tendo passado de 4,7 mil milhões para 4,56 mil milhões Kz.

No mês em análise foram constituídas 211 contas Bankita à Crescer (a prazo), mais uma em relação ao mês anterior, refletindo-se num aumento de 0,04%, em termos acumulados, perfazendo um total de 7 214 contas. Assim, o seu saldo acumulado passou de 90,4 milhões Kz em Janeiro para 91,4 milhões Kz em Fevereiro de 2021.

Por sua vez, os pagamentos efectuados por TPA`s, continuam a liderar em termos de tipologia de movimento com 58,58%, representando um aumento de 0,56 p.p. tendo em conta a necessidade dos consumidores de efectuar transacções comerciais regulares e seguras. Os levantamentos em caixa electrónica seguem com 33,07%, representando uma redução de 0,41p.p.

No ranking das Instituições Bancárias com o maior número de contas abertas o Banco de Fomento Angola (BFA) lidera com 83,99%, seguido do Banco BIC com 6,47%, Banco de Negócio Internacional com 3,07%, Banco Keve com 2,59% e o Banco Comercial Angolano (BCA) com 1,80%. Refira-se que estas instituições combinadas têm uma quota de 97,92%.

A conta Bankita faz parte do programa de inclusão financeira do BNA, em parceria com os bancos comerciais e permite a subscrição dos serviços bancários, com condições de acesso mais reduzidas.

Desde o início do programa foram contabilizadas 1,05 milhões de contas abertas incluindo as contas migradas, em termos acumulados.