Tempo - Tutiempo.net

Subsídios aos combustíveis para agricultura e pescas vão manter-se, vinca Ministério das Finanças

Depois das declarações do PCA da Administração Geral Tributária (AGT), Silvio Burity, de que os subsídios aos combustíveis para a agricultura e pescas “são insustentáveis”, o Ministério das Finanças explica, em nota, que o Executivo deixa claro estes apoios são um estímulo para o sector produtivo, para o aumento da produção nacional, e melhoria da qualidade de vida das populações.

Angola /
12 Set 2019 / 12:03 H.

“Estes apoios, na visão do Executivo, representam um estímulo importante para o fortalecimento do sector produtivo do país, para o aumento da produção nacional, do emprego e por conseguinte da melhoria da qualidade de vida das populações”, esclarece em nota o Ministério da Finanças.

Segundo uma nota de imprensa, com data de ontem, “a política do Executivo sobre esta matéria é muito clara e encontra-se plasmada nos vários documentos de orientação macroeconómica do país. A mesma vai no sentido da concessão de subsídios aos combustíveis para os sectores da agricultura e pescas, nos termos fixados pelo Decreto Presidencial n.º 84/19, de 21 de Março, que aprova a sua atribuição”.

De recordar que as declarações do homem forte da AGT, Silvio Burity, foram feitas durante um encontro com empresários do sector agrícola, realizado recentemente na província do Cuanza-Sul, cujo impacto mediático várias interpretações.