Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

País poupa 803 milhões Kz com leilão de fertilizantes

Foi aprovado em reunião da Comissão Económica do Conselho de Ministros uma subvenção de 35% do preço real dos fertilizantes NPK-12-24-12, sulfato de amónio e ureia.

Luanda /
13 Out 2021 / 14:30 H.

O presidente do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Agrário (FADA), Carlos Fernandes, disse esta terça-feira, em Luanda, que a opção do Governo de subvencionar os preços de venda dos fertilizantes por via de compras electrónicas permitiu poupar 803 milhões kz.

De acordo com as contas apresentadas no briefing bissemanal do Ministério da Economia e Planeamento, os recursos poupados representam a diferença entre o valor inicial do programa estimado em 17 mil milhões Kz e o contratualizado que foi de 16,19 mil milhões Kz.

Para Carlos Fernandes, o Executivo pretende reduzir o preço dos fertilizantes para garantir um arranque menos pressionado da campanha agrícola 2021-2022, sobretudo aos agricultores familiares.

Conforme detalhou, em Junho deste ano, foi aprovado em reunião da Comissão Económica do Conselho de Ministros uma subvenção de 35% do preço real dos fertilizantes NPK-12-24-12, sulfato de amónio e ureia. A finalidade foi de facilitar e apoiar os produtores.

De lá para cá, de forma a materializar o processo em causa, o Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Agrário realizou, segunda-feira, o leilão electrónico para o processo de subvenção do preço dos fertilizantes, por intermédio da plataforma do Serviço Nacional de Contratação Pública.

Carlos Fernandes realçou que as propostas foram inferiores e, em termos médios, os preços facturados são muito baixos em relação aos previamente indicados.

Fornecedores já apurados

Sem ainda divulgar os nomes, por estar ainda por concluir o processo, Carlos Fernandes disse que para o fornecimento dos fertilizantes foram seleccionados de seis a sete vendedores.

Quanto ao processo de operacionalização, Carlos Fernandes esclareceu que o FADA tem a incumbência de pagar aos fornecedores o preço total fixado no contrato.

Os agricultores e produtores organizados em cooperativas, bem como as escolas de campo e empresários vão pagar ao FADA cinco mil kz por cada de 50 quilos. Ainda nesse processo, os beneficiados vão ainda receber a quantidade de sacos de fertilizantes que terão direito.