Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Dívida pública poderá recuar para 100% em 2021

“A tendência de subida da taxa de inflação verificada em 2020 deverá ser revertida”

Luanda /
28 Jul 2021 / 08:20 H.

A dívida pública poderá diminuir em 2021, atingindo um patamar na ordem dos 100%, anota a Deloitte Angola, num estudo recentemente publicado, “Banca em Análise”2021.

A informação divulgada pela Deloitte Angola indica que a dívida pública tem vindo a subir desde 2017, fixando-se em 129% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, “o que representa uma subida (acentuada) nesse período (95%)”.

De acordo ainda com a consultora, após o pico registado em 2016 e 2017, a inflação diminuiu até 2019, face às medidas adoptadas pelo Executivo (com o apoio do FMI, no âmbito do Programa de Financiamento Ampliado) para a estabilização macroeconómica.

“A interrupção verificada em 2020 é explicada pela adopção de uma política monetária moderadamente acomodatícia, bem como pelo efeito pass-through da taxa de câmbio, num ambiente de queda das receitas petrolíferas, impulsionada pelos níveis de consumo durante o período pandémico mais adverso”, anota a Deloitte Angola no estudo.

Segundo a Deloitte Angola, em referência às últimas previsões do Executivo, a tendência de subida da taxa de inflação verificada em 2020 deverá ser revertida. Prevê-se um valor de inflação de 19,5% em 2021, em oposição ao FMI que estima uma taxa de 22,3%.