Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Clube de Empresários do Bengo quer fomento da produção local

O presidente do Conselho de direcção do Clube de Empresários do Bengo, Carlos Gomes, defendeu neste sábado, a priorização da classe empresarial local nos projectos que visam o desenvolvimento da província, visando o fomento da produção local

22 Jun 2019 / 19:21 H.

Falando à margem da Feira da Banana, o responsável considera que o Bengo possui quadros e empresários com capacidade para executar projectos de vária ordem, e reprova o facto de muitos projectos locais serem canalizados a empresas situadas fora da província, em detrimento dos locais.

Para o dirigente associativo apenas apostando nos empresários locais o Bengo terá uma classe empresarial forte para ajudar no seu desenvolvimento”, referiu.


Disse que o Clube de Empresário do Bengo, constituído nesta quarta-feira, 19, pretende ser um parceiro estratégico e mais-valia nas oportunidades que o Executivo concede ao governo da província.

Lembrou que recentemente o Executivo anunciou um financiamento de cerca de 400 milhões USD para apoiar os empresários e, por este facto, torna-se imprescindível saber como este dinheiro vai chegar às organizações empresariais e não as empresas fantasmas. Elogiou a realização da Feira da Banana e notou ser uma iniciativa da província que deve ser apoiada.

A oitava edição da Feira da Banana, aberta nesta sexta-feira, está a apresentar as potencialidades que a província possui nos domínios da indústria, turismo, transporte, pesca, obras públicas, geologia e minas e agricultura, além de equipamentos e maquinarias utilizadas no processo de produção agrícola.

O certame, que decorre até domingo, tem uma estimativa de 15 mil visitantes e um volume de negócios na superior a 500 milhões Kzs, cifra superior aos 170 milhões da edição anterior.

  • Últimas Notícias