Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Angola /
10 Mar 2019 / 17:37 H.

Certificação do Aeroporto Internacional da Catumbela abre a rota Lisboa/Benguela

A certificação pode ser concluída ainda este ano ou no iníco de 2020, segundo o ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu.

Durante a visita do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa à província de Benguela, o ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu, disse ser possível a ligação aérea entre Lisboa e Benguela e que está em fase avançada a criação de condições para a certificação do Aeroporto da Catumbela.

O processo de certificação do Aeroporto da Catumbela está na terceira fase, faltando apenas duas, informou o ministro, anunciando que ao longo deste ano ou início do próximo poderá “ser finalizado todo este processo”.

A partir daí, as ligações aéreas directas de Lisboa ou de outras capitais internacionais para Benguela passam a ser uma possibilidade. O governante avisa que a rota directa a partir da capital portuguesa para a Catumbela dependerá da viabilidade económica, no entanto é optimista, está convicto que “haverá viabilidade de termos a Catumbela a fazer ligações directas a Lisboa e outras capitais”.

Ricardo de Abreu adiantou, de igual forma, que está ainda em curso a alteração do próprio regime de exploração dos aeroportos de Angola e que isto vai permitir acelerar o processo de certificação, não só da Catumbela como de outros aeródromos do país.

Reduzir acidentes ferroviários

Relativamente aos incidentes e acidentes ferroviários que têm ocorrido no país, o governante garantiu que o Ministério dos Transportes, com o envolvimento de outras empresas do sector, está a definir políticas no sentido de reduzir o risco de sinistralidade, assegurando mais segurança aos passageiros e mercadorias.

Essas medidas, frisou, vão desde o investimento contínuo na melhoria da infra-estrutura e sua manutenção, à implementação efectiva da regulamentação existente e formação do capital humano nas empresas ferroviárias.

Para o ministro dos Transportes, apesar de se registarem alguns acidentes, Angola não está acima da média da região se comparados os dados estatísticos com os de outros países.

Luanda-Bruxelas com novas ligações

A Brussels Airlines, companhia de aviação belga do grupo Lufthansa, vai reforçar este ano a oferta de voos para Luanda, que passará a receber três ligações directas por semana, e para Kinshasa (RDC), que passará a ter ligações diárias a partir de Bruxelas (Bélgica).

A programação da Brussels Airlines indica que, a partir de 2 de Julho, terá três voos por semana com o percurso Bruxelas - Luanda - Kinshasa - Bruxelas, às terças, quintas e domingos. Adicionalmente, a companhia aérea passará, a partir de 3 de Abril, de dois para três voos por semana entre Bruxelas e Kinshasa, subindo para cinco por semana a partir de 4 de Outubro.

* Jornal de Angola