Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Brasil receberá 285 mil milhões USD pelo seu petróleo do pré-sal

As estimativas apontam para uma produção de 8,2 mil milhões de barris de petróleo nos próximos dez anos em regime de associação.

Brasil /
25 Nov 2021 / 09:01 H.

Os contratos para exploração de petróleo no pré-sal, horizonte de exploração em águas muito profundas que o Brasil descobriu no Oceano Atlântico, renderão ao país 285 mil milhões USD em 10 anos.

Os dados foram divulgados pelo Governo brasileiro e o valor inclui a receita de royalties (92 mil milhões USD), arrecadação de impostos (77 mil milhões USD) e os lucros da comercialização do petróleo que correspondem ao Estado pelos contratos de associação (116 mil milhões USD), segundo estimativas da estatal Pré-Sal Petróleo (PPSA).

“Quatro contratos estão em produção actualmente e em Setembro, segundo os nossos últimos números, a participação do Estado na sua produção era de 11 mil barris de petróleo por dia. Estamos falando em ter um milhão de barris por dia em dez anos”, disse Eduardo Gerk, presidente da entidade.

De acordo com a Lusa, o executivo brasileiro garante que o cenário daqui a dez anos é “muito promissor”, já que 70% da produção acumulada até 2031 virá de áreas já declaradas comerciais.

Os campos do pré-sal, os mais produtivos da potência sul-americana, estão localizados em águas muito profundas do Atlântico, abaixo de uma camada de sal de dois quilómetros de espessura.

A exploração do petróleo proveniente das áreas do pré-sal é regida por normas de contratos por associação, modelo que prevê que se entregue ao Estado parte da produção das empresas detentoras dos direitos de exploração dessas áreas.

As estimativas apontam para uma produção de 8,2 mil milhões de barris de petróleo nos próximos dez anos em regime de associação.