BAD e Angola abordam cooperação e financiamento de projectos

13 Jun 2019 / 17:32 H.

Segundo um comunicado do Ministério da Finanças, Angola aproveitou a ocasião para abordar com potenciais investidores sobre as reformas que estão a ser levadas a cabo com vista a atrair investimento estrangeiro directo

Uma delegação angolana económica, chefiada pelo Ministro das Finanças Archer Mangueira, reuniu terça-feira, em Malabo, Guiné Equatorial, nas Reuniões Anuais do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) com o Presidente do BAD, Akinwumi Adesina, para abordar a cooperação e o financiamento de alguns projectos em Angola.

Segundo um comunicado do Ministério da Finanças, Angola aproveitou a ocasião para abordar com potenciais investidores sobre as reformas que estão a ser levadas a cabo com vista a atrair investimento estrangeiro directo, não apenas no sector petrolífero, mas também em áreas como o Turismo, a Indústria e a Agricultura.

As Reuniões Anuais do Conselho de Governadores do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e a Reunião do Conselho de Governadores do Fundo Africano de Desenvolvimento (FAD) terminam amanhã, 14, e estão a analisar o Relatório de Actividade do BAD, aprovar as políticas relativas as operações e as finanças do grupo para os anos seguintes, bem como debater temas de carácter socioeconómico e financeiro que possam influenciar o funcionamento da instituição.

Este ano, as Reuniões Anuais do BAD decorrem sob o lema “Integração Regional para a Prosperidade Económica de África”, abrangendo um dos cinco eixos prioritários da actuação do Banco, também conhecidos como 'High 5s' (Iluminar e Electrificar África, Alimentar África, Industrializar África, Integrar África e Melhorar a qualidade de vida para os povos da África).

O evento conta com a presença de mais de 3000 participantes, incluindo Ministros das Finanças, Governadores de Bancos Centrais, decisores políticos, organizações da sociedade civil, líderes de organizações internacionais e gestores da indústria dos 80 Estados Membros do Grupo do Banco.

Angola é membro do BAD desde 23 de Junho de 1980, tendo sido financiadas, até ao dia de hoje, 45 operações num montante total de 2.03 mil milhões USD em sectores como energia, água e saneamento, agricultura, ambiente e transporte.