Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Uso de terminais de pagamento automáticos em Angola aumentou 33%

O estudo salienta que o sistema financeiro angolano está a evoluir no sentido de ser uma banca cada vez mais digital e menos presencial, o que torna também premente uma maior segurança e fiabilidade dos meios informáticos.

Angola /
25 Out 2022 / 14:39 H.

O uso de terminais de pagamento automático (TPA) em Angola aumentou 33% em 2021, reflectindo a tendência de aumento de utilização de meios electrónicos de pagamento, segundo o estudo "Banca em Análise 2022" realizado pela consultora Deloitte.

Também o canal interbancário Multicaixa mantém a popularidade, com um crescimento de 88,3% em 2021 num total de 338,2 milhões de transacções efectuadas.

O aumento de utilização dos meios electrónicos de pagamento tem vindo a retirar clientes dos balcões, o que explica a redução do número de balcões (-3,3% face a 2020) e a redução do número de trabalhadores (-5,2%), passando de 20.796 em 2020 para 19.719 colaboradores em 2021.

O estudo salienta que o sistema financeiro angolano está a evoluir no sentido de ser uma banca cada vez mais digital e menos presencial, o que torna também premente uma maior segurança e fiabilidade dos meios informáticos.

No entanto, a economia informal (que absorve cerca de 80% dos empregos em Angola) "continua com um peso elevado e as suas transacções assentam em numerário, pelo que os meios electrónicos de pagamento ainda têm um espaço de crescimento significativo", refere-se.

O Banco Nacional de Angola (BNA) pretende em 2023 implementar o Sistema de Transferências Instantâneas, que permitirá o pagamento de transacções em tempo real, via telemóvel, contribuindo para aumentar a "credibilidade do sistema financeiro junto de franjas da população que actuam no mercado informal e que actualmente transaccionam, exclusivamente, em numerário".

No que se refere à utilização das caixas automáticas (ATM) registou um crescimento de 6%, enquanto o número de cartões Multicaixa emitidos aumentou de 8,4 para 8,9 milhões em 2021 (+7%).

O número de ATM registou um incremento na ordem dos 3,1%, passando de 3.148 para 3.247 máquinas, enquanto os TPA aumentaram 12,8% (mais 16.696 terminais face a 2020).