Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

UE estreia-se na emissão de dívida verde com encaixe de 12 mil milhões de euros

Bruxelas deu início ao ciclo de emissões de dívida sustentável com o levantamento de 12 mil milhões de euros. No total, serão emitidos 250 mil milhões de "green bonds" para financiar o NextGenerationEU.

Luanda /
13 Out 2021 / 08:15 H.

A União Europeia (UE) estreou-se na emissão das chamadas "green bonds" - ou dívida verde - nesta terça-feira, 11, com o levantamento de 12 mil milhões de euros numa operação que servirá para financiar o programa de recuperação à pandemia entre os Estados-membros.

Nesta emissão, com uma maturidade de 15 anos, os investidores marcaram presença em força uma vez que a procura superou os 120 mil milhões de euros, um valor recorde em emissões de dívida para fins sustentáveis.

Este montante insere-se num pacote de 250 mil milhões de euros que Bruxelas quer emitir até 2026 para financiar o NextGenerationEU, o programa de recuperação económica desenhando para a região sair da crise provocada pela COVID-19. A dívida para fins sustentáveis representa 30% do montante total do pacote de apoio.

Quando concretizadas todas estas emissões de dívida verde planeadas, a UE passa a ser a maior entidade a emitir "green bonds" do mundo, superando França. Portugal ainda não fez qualquer tipo de emissão de dívida verde.

Todos os estados-membros terão de gastar 37% do Plano de Recuperação e Resiliência em programas de reformas e investimentos em energias sustentáveis.

A UE informou, na altura em que anunciou que as emissões iam começar em Outubro, que alguns países estavam a equacionar ultrapassar esta percentagem e dedicar mais dinheiro a este tipo de iniciativa.