Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Propriv: Unidades agro-industriais passam para a segunda fase

As referidas unidades fabris vão ser privatizadas no estado de conservação e demais condições em que se encontram, conforme as características técnicas anexas ao programa do concurso.

18 Mai 2020 / 12:52 H.

O Instituto de Gestão e Partcipações de Activos do Estado (IGAPE) abre hoje as inscrições para a segunda fase de privatizações de empreendimentos agro-industriais localizados em várias províncias do País, no âmbito do processo de alienação de empresas públicas 2019-2022.

São ao todo 12 empreendimentos agro-industriais disponíveis, nos quais os potenciais investidores podem apresentar as candidaturas até 6 de Junho. Já a apresentação de propostas, para as candidaturas qualificadas, deverá ser feita até ao dia 25 do mesmo mês.

Para esta fase, segundo um documento do IGAPE, estão incluídas no processo de alienação os complexos de silos de Caconda (Huíla), Caála (Huambo), Catabola (Bié), Ganda (Benguela), Matala (Huíla) e o Complexo Agro-industrial do Cubal (Benguela).

Constam ainda, nesta fase de privatizações, os entrepostos frigoríficos do Dombe Grande (Benguela), Moçâmedes (Namibe), a Fábrica de Processamento de Tomate e de Latas do Dombe Grande (Benguela), a de Tomate do Namibe e o Matadouro Modular de Malanje.

No entanto, os candidatos podem solicitar à comissão de negociação, mediante agendamento, enviando o seu pedido através do endereço electrónico, o acesso aos empreendimentos, para inteirar-se das condições locais, a fim de realizar o reconhecimento e levantamentos necessários à boa elaboração e apresentação das suas propostas.