Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

O processo de privatização das fábricas África Têxtil, em Benguela, ex-Satec (Cuanza Norte), e Textang II, em Luanda, foi feito de forma irregular

Luanda /
18 Jun 2019 / 09:15 H.

Privatização de fábricas têxteis foi irregular

A declaração foi feita por via de uma denúncia do Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE).

Segundo Angop, o processo de privatização, de modo irregular, das referidas unidades fabris, envolveu Joaquim David, antigo ministro da Geologia e Minas e Indústria.

A PGR enquadrou a medida de arresto das três fábricas nos trabalhos em curso para a aferição dos financiamentos de fundos públicos efectuados a empresas privadas, “algumas em processo de privatização irregular”.

Entretanto, o IGAPE esclarece, na nota de imprensa, que em 2009, sob proposta do Ministério da Indústria, foi aprovado e publicado em Diário da República, I Série, de 13 de Março, o Programa Executivo do Sector da Indústria para o período 2009-2012, onde, entre outros, se inseriram os Projectos de Reabilitação da África Têxtil, da ex-Satec e da Textang II.