Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Principal fonte de receita de Cabo Verde severamente afectada pela COVID-19

A economia cabo-verdiana à semelhança de outras economias arquipelágicas dependentes do turismo foi severamente afectada pela crise da pandemia da COVID-19.

Luanda /
06 Ago 2021 / 07:40 H.

O relatório económico de 2020 de Cabo Verde, publicado no início deste mês, pelo banco nacional do país e consultado nesta quinta-feira (5) pelo Mercado, diz que o produto interno bruto em volume do país, caiu 14,8% recuando para níveis próximos do de 2016.

Cabo Verde terá tido, em 2020, em consequência da crise sanitária global, o pior desempenho económico da sua história enquanto país independente.

De acordo com as estimativas trimestrais das contas nacionais do Instituto Nacional de Estatísticas, o produto interno bruto em volume contraiu 14,8 % em 2020, o que compara ao crescimento de 5,7% de 2019 e de 5,4% registado, em média, nos quarenta anos antecedentes.

A procura turística internacional, medida em termos de entrada de hóspedes não residentes nos estabelecimentos hoteleiros, decresceu 74,7 %, o que compara ao aumento de 7% em 2019 e à média de crescimento anual de 10% registada entre 2001 a 2019.