Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

País reduz importações em 100 milhões USD

A Direcção Nacional do Comércio Externo informou que no mês de Dezembro de 2019, os pedidos licenciados totalizaram 250 057,159USD ao passo que no mesmo mês, em 2020, o valor registado foi de 152 008 683 USD.

19 Jan 2021 / 14:29 H.

Segundo um documento, citado pelo Jornal de Angola, no período em comparação (Dezembro de 2019 e 2020), houve uma redução assinalável nas quantidades de bens importados, ao cair de 2,5 milhões para 583,3 mil toneladas.

De acordo com os dados do Ministério da Indústria e Comércio, o sector licenciou a intenção de importação de óleo de palma no valor de 21 milhões USD, em Dezembro de 2020, e mais de 28 milhões USD em óleo alimentar.

Para a directora Nacional do Comércio Externo, Augusta Fortes, citada pelo Jornal de Angola para alguns produtos, como o óleo de palma e arroz corrente, alguns dos números ainda se justificam pelo facto desses produtos servirem igualmente como matéria-prima para alguma indústria, como é o caso, por exemplo, do arroz corrente, usado também na indústria cervejeira.

Conforme justificam, o óleo de palma é, igualmente, usado na produção do leite condensado. Quanto aos restantes produtos, nota-se uma redução considerável na importação da maioria, em comparação ao período homólogo.

Temas