Mercado de valores
Tempo - Tutiempo.net

Moçambique regista aumento de preços após quatro meses de deflação

A inflação média a 12 meses fixou-se em 4,61%, o valor mais alto desde Outubro de 2018.´

Luanda /
13 Set 2021 / 09:41 H.

Moçambique voltou a registar aumento de preços em Agosto, após quatro meses consecutivos de deflação, anunciou recentemente, o Instituto Nacional de Estatística (INE) daquele país.

De acordo com a Lusa, Agosto terminou com uma inflação mensal de 0,19%, lê-se no boletim do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), segundo o qual a inflação homóloga foi de 5,61% (acima dos 5,48% de Julho).

A inflação média a 12 meses fixou-se em 4,61%, o valor mais alto desde Outubro de 2018.

A curto e médio prazo, o banco central moçambicano prevê que "a inflação se mantenha em um dígito, apesar das perspectivas de aumento dos preços dos alimentos e do petróleo no mercado internacional", anunciou em comunicado.

Moçambique terminou 2020 com uma inflação acumulada de 3,52%.

Os valores do IPC são calculados a partir das variações de preço de um cabaz de bens e serviços, com dados recolhidos nas cidades de Maputo, Beira e Nampula.